IDEPRO - Instituto de Desenvolvimento Profissional
Telefônica Educação Digital
Artigos ABTD
A Comunicação Escrita como Instrumento para o Sucesso e Credibilidade Profissional e Pessoal
http://www.abtd.com.br - Data da Publicação: 07/03/2017

Por REINALDO PASSADORI

Em um contexto cada vez mais competitivo, mais foco se dá às necessidades dos profissionais no seu preparo para ampliar suas competências, suas habilidades e ter uma atitude proativa. Destaca-se sobremaneira, diante de dessas necessidades, a capacidade de se comunicar bem, quer seja falando ou escrevendo, ainda mais sob os recursos da mídia digital, exigindo clareza, objetividade, concisão, correção e coerência.

Boa parte do sucesso dos profissionais é advindo da maneira como se comunicam, englobando a forma e o conteúdo, a capacidade de ajustar sua fala ou escrita à capacidade de compreensão do seu interlocutor e adequação em relação a cada situação, tanto que, em uma condição de igualdade de formação e experiência, destacam-se os que melhor se comunicam, aliás, se observarmos melhor, notaremos que muitas das atividades exigem esse preparo, pois a comunicação está presente em relacionamentos, apresentações em público, formulação de propostas, projetos, tratados, relacionamento com a imprensa, negociações, vendas, liderança, atendimento a clientes, treinamento, motivação de colaboradores, reuniões de todos os tipos e a projeção da imagem, tanto do profissional ou da empresa, por meio dos seus colaboradores.

Para uma empresa estar à frente do seu tempo e, em especial, dos seus concorrentes, é fundamental que seus colaboradores tenham o devido preparo para se comunicar bem em qualquer contexto. Para isso, é preciso conhecer bem o seu idioma, as normas da escrita para elaborar textos simples, bem estruturados e ajustados à capacidade de compreensão de quem irá lê-los ou interpretá-los.

Há os problemas mais comuns na comunicação escrita, dentre os quais destaco gramática incorreta, limitação ou adequação do vocabulário, textos rebuscados, incongruência, prolixidade, inadequação em relação ao veículo ou ao contexto.

O estudante ou profissional, seja ele de qualquer área, precisa conhecer bem seu idioma e as normas de escrita e uso, para que assim possa elaborar textos concisos e bem estruturados, transmitindo o seu objetivo, ponto de vista ou intenção, mostrando seu empenho em se atualizar e a preocupação em se fazer compreender, conseguindo com isso informar com precisão, desenvolver argumentos com propriedade, persuadir com convicção e motivar com simplicidade.

As transformações socioeconômicas e os avanços tecnológicos ocorridos no mundo nas últimas décadas, como a internet, a globalização dos mercados, as novas tecnologias da informação e o aumento da competitividade obrigaram as organizações e todos os profissionais a reavaliarem e ajustarem processos, estruturas, formas de atuação e muitos outros aspectos e paradigmas até então pouco mutáveis ou praticamente estagnados. Esse movimento ampliou a necessidade de compreensão e trouxe consigo uma excelente oportunidade para o aprimoramento das atividades de comunicação, fazendo-a assumir uma posição estratégica nas organizações, pois tanto interna quanto externamente, ela é o instrumento mais capacitado para a potencialização do intercâmbio de informações entre pessoas e empresas.

Sob essa perspectiva, o desenvolvimento de estratégias argumentativas e persuasivas para construção de textos orais e escritos pode garantir credibilidade, corroborando para diferenciais competitivos.

A comunicação de modo geral no ambiente corporativo não oferece apenas informações, com ela transmite-se o nível cultural e a desenvoltura profissional e pessoal de quem está se comunicando. Por isso, é preciso se atentar aos aspectos e regras gramaticais, ortográficos e, principalmente, semânticos do discurso. Um português bem dito e bem escrito traz, com toda certeza, maior credibilidade ao comunicador, e à empresa na qual atua.

Na comunicação, em especial a escrita, temos observado que sua atualização não é levada tanto a sério, tanto que, é comum observarmos erros e textos difíceis de serem compreendidos. São comuns as solicitações de empresas que buscam soluções customizadas por meio de cursos corporativos para eliminar dificuldades de expressão e interpretação em língua portuguesa, responsáveis por problemas de percepção equivocada e, consequentemente, conflitos geradores da queda de produtividade e dificuldades na realização dos seus objetivos

Capacitar os profissionais para elaboração de textos claros, coesos e coerentes, que atendam às necessidades comunicacionais da empresa é item crucial e necessário para atingir resultados positivos e crescentes, além de gerar motivação. A comunicação é uma habilidade humana que torna possível a manifestação e exteriorização do que se passa na vida interior. Graças a essa habilidade de perceber e comunicar, o homem enriquece o seu referencial de conhecimentos, transmite sentimentos e pensamentos, esclarece e o mais importante, interage com seus semelhantes tanto nos ambientes pessoais quando nos profissionais.

Reinaldo Passadori é um líder nacionalmente reconhecido no campo da Comunicação e Lideres. Presidente e Fundador do Instituto Passadori de Educação Corporativa. Criador e apresentador do Programa Comunicação Executiva, professor de pós graduação, articulista e fonte para assuntos relacionados a Comunicação e do mundo corporativo.
REDES SOCIAS
ASSOCIADO
FIQUE SÓCIO - ABTD
Fábrica de Cursos | Referência em e-learning no Brasil
Jogos para Treinamento - SB Jogos
© Copyright 1999 - 2017 - Política de Privacidade - Todos os direitos reservados à ABTD Nacional - Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento
Rua Machado Bittencourt, 89 - Vila Mariana - CEP: 04044-000 - São Paulo - SP - Tel/Fax: (11) 5085-2283. abtd@abtd.com.br

Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião da ABTD e de seus diretores.
Os textos cadastrados são de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores.